Saiba mais sobre O Hobbit, Senhor dos Anéis…

Tradução do “Livro de Jonas” da Bíblia feita por Tolkien será publicada!

 

Pieter_Lastman_-_Jonah_and_the_Whale_-_Google_Art_Project

Em Outubro desse ano (2014), os estudiosos de Tolkien terão o acesso a mais um texto inédito do professor. Dessa vez será a publicação dos originais de O Livro de Jonas (The Book of Jonah), uma tradução do livro do antigo testamento da Bíblia para o Inglês moderno feita pelo professor Tolkien para a edição católica da The Jerusalem Bible (a versão inglesa da Bíblia de Jerusalém) de 1966.

O The Journal of Inklings Studies (http://www.inklings-studies.com/) é um jornal acadêmico que tem o objetivo de publicar textos sobre os Inklings (grupo de amigos que se reunia no pub Eagle and Child em Oxford), dos quais incluem C.S. Lewis, Charles Willians e J.R.R. Tolkien.

Em uma nota especial, a editora do Journal of Inklings Studies, Drª Judith Wolfe,  anunciou que a próxima edição de outubro conterá um texto inédito de Tolkien, o Livro de Jonas:

Muitos devem saber que Tolkien traduziu o Livro de Jonas para The Jerusalem Bible (Bíblia de Jerusalém britânica), uma tradução Católica Romana das Sagradas Escrituras publicada nos anos 60. Mas a versão da tradução de Tolkien que foi eventualmente publicada em Jerusalem Bible não foi a versão original enviada pelo autor, mas sim um esforço colaborativo, pesadamente editado por um editor de estilo, que tinha sido contratado para padronizar a gramática e vocabulário das várias traduções que foram reunidas na Jerusalem Bible.

Com a gentil permissão da Tolkien Estate, o Journal of Inklings Studies agora irá tornar acessível a tradução original de Tolkien a partir dos Manuscritos de Bodleian. Um artigo acadêmico de Brendan Wolfe sobre a história e características da tradução irá acompanhar o texto.O volume especial será publicado em uma edição estritamente limitada”.

Essa será uma edição especial do periódico que tenta reunir textos que relacionam os Inklings com a Bíblia. Por enquanto os artigos que serão publicados na edição  são os seguintes:

  1. J.R.R. Tolkien, Translation of the Book of Jonah
  2. Brendan Wolfe, Tolkien’s Translation of Jonah for the Jerusalem Bible: History and Features
  3. Leslie Baynes, C.S. Lewis’s Use of Scripture in the “Liar, Lunatic, Lord” Argument
  4. Stratford Caldecott, A New Light: Tolkien’s Philosophy of Creation
  5. Bruce Johnson, Scripture, Setting and Audience in the RAF Talks of C.S. Lewis
  6. Arend Smilde, C.S. Lewis, St Jerome, and the Biblical Creation Story: The Background of a Recurring Misattribution
  7. Charles Williams, Review of The New Testament in Basic English (1941)

A publicação dos originais dessa tradução poderá mostrar as habilidades de Tolkien com relação a língua hebraica, já que o texto foi traduzido diretamente da língua original. The Jerusalem Bible é a primeira versão católica da Bíblia publicada em inglês no Reino Unido que parte dos originais em grego, aramaico e Hebreu e é considerada até hoje a melhor tradução feita em inglês.

O professor J.R.R. Tolkien foi um católico devoto por toda sua vida e o convite para a tradução do livro de Jonas veio quase que espontaneamente em razão disso. A tradução foi realizada na década de 60 e acabou sendo publicada com várias modificações em 1966.

A forma original da tradução de Tolkien, sem as alterações da edição, estavam guardadas na biblioteca de Bodleian em Oxford e apenas algumas pessoas tinham acesso ao texto.

Em 2009, Brendan Wolfe tinha a pretensão de publicar The Book of Jonah em um livro próprio com prefácio de Sir Anthony Kenny, que relata a participação de Tolkien na tradução da Bíblia de Jerusalem. Porém, devido a questões legais ou administrativas não foi possível essa publicação. Desde então muitos esperavam ansiosos para que o texto fosse publicado.

A capa do Livro de Jonas que se pretendia publicar em 2009 era a seguinte:

O Livro de Jonas, que foi rejeitado para publicação

O Livro de Jonas, que foi rejeitado para publicação

 

 O Livro de Jonas é um dos vários relatos dos profetas da Bíblia do antigo testamento. Na história Deus envia Jonas para a cidade de Nineveh a fim de profetizar a sua destruição. Porém, Jonas se recusa a cumprir a missão dada por Deus e tenta fugir do local onde se encontrava, vindo a parar no mar e acaba sendo engolido por um peixe grande. Após três dias e três noites dentro do estomago da criatura marítima, Jonas faz uma oração a Deus pedindo perdão e então o peixe o expele na praia.

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS:

 

PAPA FRANCISCO lê e recomenda os Livros de J.R.R. Tolkien

Homilia completa em que o Papa Francisco cita Bilbo Bolseiro e sua aventura

Grupo de religiosos quer tornar J.R.R. Tolkien um santo da Igreja Católica

Jornal oficial do Vaticano publica artigo sobre J.R.R. Tolkien

 Padre Paulo Ricardo diz que canonizaria O Senhor dos Anéis

 

Facebooktwittergoogle_plusredditby feather

Sem comentários

Trackbacks/Pingbacks

  1. J.R.R. Tolkien e a tradução da Bíblia de Jerusalem - Tolkien Brasil | Tolkien Brasil - […] Recentemente o texto integral da tradução realizada por Tolkien foi publicado em um periódico (veja a noticia AQUI). […]

Deixar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: