Saiba mais sobre O Hobbit, Senhor dos Anéis…

Atualizações de data sobre os novos livros nacionais de Tolkien em 2015

Por: Sérgio Ramos.

Conforme sabemos, esse ano de 2015 está sendo muito bom em matéria de lançamentos de Tolkien não apenas no exterior, mas também aqui no Brasil.

Como anunciamos anteriormente, será lançado pela primeira vez aqui o livro “Ferreiro de Bosque Grande“, tradução de “Smith of Wootton Major“.

Ferreiro de Bosque Grande, capa não definitiva (meramente ilustrativa).

Ferreiro de Bosque Grande, capa não definitiva (meramente ilustrativa).

O outro livro a ser lançado este ano é o “Beowulf: Uma Tradução Comentada“, o maior trabalho de referência sobre o tema da clássica história épica do herói Beowulf.

Ambos os livros são traduzidos para o português pelo mais conhecido e competente tolkienista brasileiro: Ronald Kyrmse.

Quanto ao “Ferreiro de Bosque Grande”, a Editora WMF Martins Fontes informou recentemente que seu lançamento será por volta do dia 15 de novembro. Além disso, a edição terá os belos desenhos de Pauline Baynes (a ilustradora preferida de J. R. R. Tolkien) e virá com extras (o que nos faz acreditar que a edição brasileira será a estendida que foi editada e ampliada por Verlyn Flieger, o que dá um plus especial ao livro).

Beowulf: Uma Tradução Comentada.

Beowulf: Uma Tradução Comentada.

Quase concomitantemente, “Beowulf: Uma Tradução Comentada” encontrará as prateleiras das livrarias do Brasil na segunda quinzena de novembro. A edição será bilíngue, com o texto original e a tradução de Kyrmse.

Facebooktwittergoogle_plusredditby feather

2 comentários

  1. Ronald Kyrmse /

    A capa do “Ferreiro” vai ser mais parecida com esta.
    RK

  2. Ronald Kyrmse /

    “Ferreiro de Bosque Grande” vai ser mesmo a edição de Verlyn Flieger, que juntamente com o casal Wayne Hammond e Christina Scull está entre os maiores tolkienistas da atualidade. Ela também editou o “Kullervo” de Tolkien, que deverá sair no Brasil em 2016. Christopher Tolkien pode estar velho para realizar mais trabalhos de edição exaustiva do legado de JRRT, mas outros estão assumindo esse papel. Ainda bem!
    Ronald

Deixar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: