Saiba mais sobre O Hobbit, Senhor dos Anéis…

A Tolkien Estate recusa publicação gratuita de Biografia de Tolkien

Daniel Grotta

Daniel Grotta, autor da biografia J. R. R. Tolkien: Architect of Middle-earth

Que tal baixar totalmente de graça uma cópia autorizada de uma nova edição da primeira biografia escrita sobre J.R.R.Tolkien? Infelizmente para os fãs isso não será mais possível.

Segundo Daniel Grotta, autor da biografia J. R. R. Tolkien: Architect of Middle-earth, publicada em 1976, foi preparada uma revisão para essa biografia, acrescentando elementos inéditos e seria disponibilizado para download gratuito na internet em sua página. Mas isso não será mais possível graças aos poderes jurídicos da Tolkien Estate, ou família Tolkien ou como alguns preferem personificar Christopher Tolkien.

“Em 1975, como parte da minha pesquisa original, eu tinha que naturalmente entrar em contato com a família Tolkien. Eu esperava conseguir uma entrevista com eles sobre o seu famoso pai, e ter acesso aos documentos privados e cartas para a pesquisa. O que eu não sabia era que, naquela época, Christopher Tolkien tinha contratado Humphrey Carpenter para escrever uma biografia “official”, e assim ele procurava ativamente desencorajar e frustrar todos os outros que pretendiam ser biógrafos. No entanto ele respondeu ao meu primeiro pedido com uma mensagem curta e desagradável carta, sugerindo que eu abandonasse o projeto. Uma carta seguinte, após outra que eu mandei, se apresentou ainda mais desagradável e ameaçadora, informando que eu não teria sucesso em minha pesquisa e que eu não poderia esperar qualquer cooperação da família. E ainda mais, ele me informou que nenhum dos acadêmicos associados pessoalmente a Tolkien poderiam se quer me dar uma hora do dia. De fato, como eu descobri mais tarde enquanto estava em Oxford, muitas das pessoas próximas a Tolkien foram especificamente orientados por Christopher Tolkien em não falar comigo. Felizmente, boa parte de seus velhos amigos pensavam que isso seria contrário ao seu senso de liberdade acadêmica e abertura, e concordaram em ser entrevistados por mim”

Após isso Daniel Grotta publicou a sua biografia em 1976, mesmo sem a aprovação da família Tolkien, o que deixou enfurecido Christopher Tolkien, que solicitou a editora Allen & Unwin o envio de cartas ameaçando processar a editora Running Press por publicar esse livro sem autorização. Os advogados de Daniel Grotta entenderam que não havia direito na argumentação da Allen & Unwin e ignoraram as cartas. E não ocorreu nenhum processo nesses quase quarenta anos.

architectdwarf

Mas se ele publicou o livro, porque não pode disponibiliza-lo gratuitamente agora já passados quase 37 (trinta e sete) anos?

Daniel Grotta havia utilizado como fonte de citações as versões de obras de Tolkien não autorizadas publicadas pela editora Ballantine, já que ele não poderia utilizar os livros autorizados. Naquela época, essas edições estavam desprotegidas pelos direitos autorais nos E.U.A, o que facilitaria a sua utilização na obra.

Mas, no final de 2012, o legislativo federal dos E.U.A aprovaram uma lei que garantia o direito retroativo das obras originais. Ou seja, as obras da editora Ballantine não mais estariam abertas para citação, pois estariam dentro da esfera de direitos da família Tolkien.

Daniel Grotta enviou alguns emails para a editora dos livros de Tolkien nos E.U.A, solicitando permissão para as citações dessa nova edição da biografia, mas naturalmente não obteve resposta. E ele ainda complementa dizendo que:

“Para piorar a situação, é de conhecimento comum na indústria editorial, que a família de Tolkien é notoriamente litigioso para quaisquer ameaças percebidas à sua franquia”.

Então, por temor de que possa haver alguma complicação e processo judicial Daniel Grotta decidiu não publicar a nova versão da Biografia de Tolkien. Ele afirma que um eventual processo poderia levar a falência a sua editora mesmo que vencessem o processo, já que ele não dispõe dos mesmos meios que a família Tolkien. A intensão seria disponibilizar o livro para download gratuíto na internet, em comemoração e divulgação de sua sua nova editora independente, o que não será possível.

Ao final do texto, Daniel Grotta escreve:

A propósito, apenas para registrar, embora eu ame os três filmes do Senhor dos Anéis, Eu achei terrível o filme O Hobbit.

Fonte: http://www.grotta.net/blog.htm?post=899042

Facebooktwittergoogle_plusredditby feather

Sem comentários

Deixar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: