Saiba mais sobre O Hobbit, Senhor dos Anéis…

Sir Christopher Lee falece aos 93 anos

Christopher-Lee

Hoje, (11 de junho de 2015)  saiu a notícia do falecimento de um mito: Christopher Frank Carandini Lee ou conhecido Sir Christopher Lee, admirado ator do vilão Saruman e de tantos outros personagens do cinema.

O falecimento aconteceu em 7 de junho de 2015, as 8:30 am. Porém só foi divulgado hoje, pois a família preferiu reservar alguns dias para o velório de forma privada.

Em 2009, Christopher Lee foi nomeado cavaleiro da ordem do império britânico, mesma ordem que o professor Tolkien fez parte em 1972.

Christopher Lee foi o único ator do elenco de O Senhor dos Anéis e o Hobbit que conheceu pessoalmente o próprio J.R.R. Tolkien. Foi em um dia casual e o ator não imaginava que pudesse conhecer o escritor que admirava.

Estávamos lá sentados conversando e bebendo cerveja e alguém disse: “Oh olha quem chegou.”Era o professor Tolkien, e eu quase caí da cadeira.Eu não sabia que ele ainda estava vivo. Era um homem de boa aparência, fumando cachimbo, andando, um camponês inglês com terra sob os pés. Era um gênio, um homem de conhecimento intelectual incrível. Ele conhecia alguém em nosso grupo. Ele (o homem no grupo) disse: “oh Professor, Professor…” E ele veio. E a cada um disse “como você está?”. Eu o cumprimentei e disse apenas “Co… como… como v..” (Christopher Lee em seu site oficial)

Nota-se que o Christopher Lee ficou bastante emocionado ao encontrar Tolkien a ponto de chegar a gaguejar diante dele. Afinal, Tolkien foi lido por ele quando criança e também quando adulto quando foi publicado O Senhor dos Anéis pela primeira vez em 1954-55.

Assim que a produção dos filmes do Senhor dos Anéis com direção de Peter Jackson foi anunciada, Christopher Lee se mostrou altamente interessado em participar do projeto.

Mesmo com muita dificuldade de locomoção e física em decorrência da idade o ator participou ativamente das filmagens de O Hobbit. A equipe dos filmes tiveram que se deslocar da Nova Zelândia até a cidade de Christopher Lee para filmarem especialmente as cenas com o ator.Ele acreditava que não iria conseguir estar vivo até o lançamento do último filme do Hobbit.

O falecimento aconteceu em 7 de junho de 2015 no Chelsea and Westminter Hospital e as causas foram naturais devido a falha do coração e problemas respiratórios. Veja a foto do documento que confirma o falecimento:

Christopher_Lee obituário

O ator era um profundo admirador das obras de J.R.R. Tolkien. Tendo a prática de ler regularmente (ao menso uma vez ao ano) o Senhor dos Anéis.

Além de ter atuado nos filmes Christopher Lee participou de várias palestras sobre Tolkien, bem como projetos relacionados a obra desse escritor.

Em 2003 junto com a banda “Tolkien Ensemble” ele gravou o CD de música “At Dawn in Rivendell” que contém músicas do livro do Senhor dos Anéis de forma autorizada pela família Tolkien.

Em 2008 Christopher Lee usou sua bela voz para gravar o audiobook do livro “Os Filhos de Húrin” de J.R.R. Tolkien, editado por Christopher Tolkien.

Além desses trabalhos tolkienianos Christopher Lee foi um excepcional ator tendo batido o record em números de atuação em filmes de sucesso como Star Wars, A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça, vários filmes de Conde Drácula.

Em 2011 Sir Christopher Lee recebeu o prêmio BAFTA em reconhecimento a sua grande carreira e foi aplaudido com louvor.

Sua carreira como ator começou em 1948 com o filme “Corridor of Mirrors”  e seu último trabalho foi no filme “The 11th” em produção e que está previsto a ser lançado ainda em 2016. Sua participação em no cinema soma o record de 207 filmes no cinema e 67 na televisão.

Dono de uma voz forte e impressionante, Lee também atuou como cantor de opera e inusitadamente de Heavy Metal. Tendo feito dueto  com Fabio Lione, vocalista do Rhapsody of Fire.

Certamente o ator Christopher Lee será sempre lembrado entre os milhares de fãs que acompanharam seu trabalho em suas diversas áreas.

Christopher-Lee1

A frase da imagem acima foi escrita pelo Christopher Lee no prefácio do livro The Lord of the : Weapons and Warfare, mostrando a grande admiração que o ator tinha pelo professor Tolkien.

Em nota oficial na fanpage do facebook, Peter Jackson declarou o seguinte:

É com enorme tristeza que tomei conhecimento do falecimento de Sir Christopher Lee. Ele tinha 93 anos, não estava em sua boa saúde de costume há algum tempo, mas o seu espírito manteve-se, como sempre, indomável.

Christopher falava sete idiomas; ele era em todos os sentidos, um homem do mundo. Bem versado na arte, política, literatura, história e ciência. Ele era um estudioso, um cantor, um contador de histórias extraordinárias e, claro, um ator maravilhoso. Uma das minhas coisas favoritas de se fazer sempre que vinha para Londres era a visitar com Christopher e Gitte onde ele me deliciava por horas com histórias sobre sua vida extraordinária. Eu gostava de ouvi-las e ele gostava de dizê-las – elas eram muito atraente, porque eram verdadeiras – histórias de seu tempo com a SAS, através da Segunda Guerra Mundial, até os anos de horror do martelo e, mais tarde, seu trabalho com Tim Burton – do qual ele era extremamente orgulhoso.

Eu tive a sorte de trabalhar com Chris em cinco filmes ao todo e nunca deixou de ser uma emoção vê-lo no set. Eu me lembro dele dizendo que no meu aniversário de 40 anos (ele tinha 80 anos na época), “Você é a metade do homem que eu sou”. Ser metade do homem Christopher Lee é mais do que eu jamais poderia esperar. Ele era um verdadeiro cavalheiro, em uma época que já não se valoriza o cavalheiro.

Eu cresci amando os filmes de Christopher Lee. A maior parte da minha vida fiquei encantado com os grandes papéis icônicos que ele não só criou – mas continuou a deter décadas mais tarde. Mas em algum lugar ao longo do caminho Christopher Lee, de repente, e magicamente, dissolvido e ele se tornou meu amigo, Chris. E eu amei Chris ainda mais.

Nunca haverá outro Christopher Lee. Ele tem um lugar único na história do cinema e nos corações de milhões de fãs ao redor do mundo.

O mundo será um lugar menor sem ele.

Minhas profundas condolências à Gitte e para sua família e amigos.

Descanse em paz, Chris.

Um ícone do cinema passou para a lenda.

Obituário no site Telegraph AQUI.

Facebooktwittergoogle_plusredditby feather