Saiba mais sobre O Hobbit, Senhor dos Anéis…

As versões editadas por fãs dos filmes O Hobbit de Peter Jackson!

ohobbit3_04

by Eduardo Stark

 

Quando foram lançados os filmes de O Hobbit do diretor Peter Jackson ocorreu um grande alvoroço por parte dos fãs por causa de várias cenas acrescentadas que não estavam relacionadas com o livro.

A cena mais repudiada por fãs foram as que a elfa Tauriel aparece e desenvolve um romance com um dos anões que acompanhava Bilbo na jornada rumo a Montanha Solitária.

As melhores cenas e que são o “coração” dos filmes de Peter Jackson são justamente as que são relacionadas ao Bilbo e que se não foram totalmente fiéis, pelo menos mantiveram uma sensação de aproximação ao que Tolkien escreveu:

1 – Cena do Bilbo velho narrando o ataque de Smaug 
2 – Cena do encontro de Bilbo com Gandalf 
3 – Cena de Gollum e Bilbo e as charadas
4 – Cena do encontro de Bilbo e Smaug 
5 – Cena final de Bilbo voltando pro Condado

É praticamente unânime entre as versões editadas por fãs a ideia de que as cenas em Dol Guldur e as cenas de Tauriel devem ser retiradas dos filmes. Não apenas por ser material com roteiro praticamente exclusivo dos roteiristas dos filmes, mas por fugir a ideia essencial da história em si, tanto que foram retiradas e em nada mudou a trajetória normal do herói.

Abaixo estão listadas as mais conhecidas edições feitas por fãs, com alguns comentários sobre seus pontos positivos e negativos. Evidentemente que podem vir a surgir novas edições ou outras que não foram incluídas. Mas essas são as que mais se destacam pela qualidade e empenho nas edições.

O site Tolkien Brasil apenas informa os leitores da existência dessas edições, da mesma forma que jornais de grande circulação já fizeram (Forbes, The Guardian, The Telegraph e outros). A questão de violação de direitos autorais das edições é de inteira responsabilidade de quem as realizou e ressaltamos a importância de se adquirir o material original, já que todo bom fã é aquele que coleciona livros e itens oficiais. O ideal é que já se tenha assistido as versões originais dos filmes e após isso venha a tomar suas próprias conclusões sobre o que deve ou não permanecer nos filmes.

THE HOBBIT: THE BILBO EDITION / Edição de 4 horas da trilogia: 

LINK:  https://goldfishblues.wordpress.com/2016/02/20/the-hobbit-the-bilbo-edition-2-0-extended-edition/

PONTOS POSITIVOS: Azog foi totalmente removido do filme na parte da perseguição aos anões, foi utilizada computação gráfica para este trabalho. O filho de Bard não aparece para ajudar a matar o Dragão Smaug e a glória da vitória voltou a ser apenas do Bard. As cenas foram colocadas na ordem dos capítulos dos livros.

PONTOS NEGATIVOS: As cenas com a família de Bard ainda permanecem e outras cenas de menor importância que poderiam ser retiradas.

 

THE HOBBIT: THE TOLKIEN EDIT / Edição de 4 horas da trilogia: 

LINK: https://tolkieneditor.wordpress.com/

Essa é a primeira versão editada que reúne os três filmes do Hobbit em quatro horas. Essa é a versão editada mais conhecida, pois foi noticiado por vários jornais internacionais de grande circulação (Forbes, The Guardian, The Telegraph e outros).

PONTOS POSITIVOS: Essa edição elimina boa parte das cenas acrescentadas por Peter Jackson que não estão no livro de Tolkien. Como exemplo as cenas que contém a elfa Tauriel, as cenas de Dol Guldur e as cenas com Azog perseguindo os anões foram retiradas.

PONTOS NEGATIVOS: O problema dessa edição é que existem cenas que ainda poderiam ser removidas para tornar o filme mais parecido com o livro. Como exemplo, a cena de Bombur e os Barris ainda permanecem. Azog ainda aparece na perseguição junto com os lobos antes das águias salvarem o grupo de Gandalf e Bilbo. A cena da conversa de Thranduil com Thorin e aquele rosto queimado estranho ainda estão nessa edição. Não inclui material da edição estendida dos filmes.

 

THE HOBBIT EDIÇÃO DE DUSTIN LEE/ Edição de 4 horas da trilogia: 

LINK: http://www.maple-films.com/downloads.html

PONTOS POSITIVOS: O trabalho com o som e a imagem ficaram muito bons, dando o mesmo aspecto de coloração que O Senhor dos Anéis, dando assim uma sensação de continuidade entre as versões. Inclui o material da edição estendida dos filmes.

PONTOS NEGATIVOS: Azog ainda permanece nas cenas e muitas cenas poderiam ter sido removidas ainda permaneceram no filme. O filho do Bard ainda aparece para ajudar a matar o Dragão Smaug.

 

THE HOBBIT TWO HOUR FAN CUT

LINK: http://homework.never-ends.net/hobbitedit/

PONTOS POSITIVOS: É a edição que mais elimina o material desnecessário e se concentra na aventura de Bilbo Bolseiro.

PONTOS NEGATIVOS: Manteve a cena de Thranduil com o rosto queimado, cena das lagartas gigantes mantida. A música no final é do desenho animado de Ralph Baski e não combinou com a ideia do filme.

 

THE HOBBIT THE IRONFOOT EDITION

LINK: http://hobbitfanedit.wix.com/ironfoot

PONTOS POSITIVOS: Elimina as cenas desnecessárias de Tauriel e outras como as demais edições fizeram. A continuidade das cenas e o som também ficaram interessantes.

PONTOS NEGATIVOS: A ideia de dividir em dois filmes não parece ser interessante, já que o livro O Hobbit é apenas um volume. Essa é a única versão que fez essa divisão, que era na verdade o plano inicial do diretor Peter Jackson.

 

CONCLUSÃO:

Cada edição tem suas peculiaridades, com qualidades e defeitos. Certamente seria interessante uma edição mais reduzida como a de duas horas, porém retiradas as cenas que permaneceram e acrescentada as modificações da versão Bilbo Edition, e também incluindo a tonalidade das imagens da edição de Dustin Lee.

Talvez um dia a própria equipe dos filmes possa lançar uma versão editada do filme O Hobbit. Muitos fãs certamente ficariam gratos em ter um filmes realmente digno e que possa fazer justiça a uma das obras mais lidas pela humanidade. Mas no momento essa ideia ainda é remota.

PARA SE INSCREVER NO CANAL CLIQUE AQUI.

Facebooktwittergoogle_plusredditby feather

4 comentários

  1. Maicon Lopes de Carvalho /

    Caramba. E EU lendo o Hobbit exatamente agora para ter ideias para a edição achando que estava sendo criativo… Que coincidência, nunca mais KKK. Depois dessa nem sei se vou editar a trilogia

  2. Edu R. Rocha /

    pena que essa edição do bilbo nao tem legenda 🙁

  3. Mario Martiniano /

    tbm estou procurando

  4. Queren /

    Essa charada… kkkkk 💙

Deixar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *