Saiba mais sobre O Hobbit, Senhor dos Anéis…

A representação de Tolkien em filmes e séries!

by Eduardo Stark

Para os leitores de Tolkien não é nenhum segredo que o escritor era contrário a qualquer forma de biografia. Eis aqui um escritor peculiar que não gostava de ter sua vida exposta para pessoas distantes de seu convívio. Muito além de uma preservação da intimidade, Tolkien acreditava que havia poucos elementos em sua vida que pudessem ser encarados como fonte para suas histórias. Ele na verdade era um critico de análises literárias que tivessem como base a vida do autor. Foi por isso que, ao menos em vida, não foi possível escrever nenhuma biografia autorizada, embora existissem pretensos escritores dela.

Somente com a morte de Tolkien é que os primeiros livros que narram sua vida foram publicados. Sendo a primeira biografia autorizada pela família escrita por Humphrey Carpenter e publicada em 1978.

Aliada a essa oposição de Tolkien quanto a biografia, estava também a ideia de que o autor era de certa forma contrário a adaptações de suas obras, o que pode-se supor que ele também não seria favorável a filmes sobre sua vida. Foi com base nessas ideias (e outros motivos) que durante muito tempo a família Tolkien evitou qualquer tipo de assédio sobre realizar filmes da vida do escritor.

Ao longo de mais de quarenta anos, a figura de Tolkien como personagem foi a de mero coadjuvante em documentários e trechos rápidos e programas de televisão.

1985 – Zinoviy Gerdt (O Hobbit russo)

A primeira representação de Tolkien foi em um filme russo para TV feito em 1985, com o título “Skazochnoe puteshestvie mistera Bilbo Begginsa, Khobbita” (“A Fantástica Jornada do Sr. Bilbo Bolseiro, O Hoobit”).  Logo no início do filme aparece o Tolkien com um bigode e terno, sendo interpretado pelo ator Zinoviv Gerdt. O personagem começa a narra a história do Hobbit e finaliza o filme também narrando.

Em 1993 o filme “Shadowlands” que conta a história dos últimos anos da vida do escritor C.S. Lewis (interpretado por Anthony Hopkins), embora os Inklings estivessem presentes em cenas do filme, não há nenhum personagem chamado Tolkien. O diretor colocou no lugar um personagem ficcional chamado Christopher Riley, interpretado por John Wood. Segundo informações não oficiais, a família Tolkien havia sido consultada na época em que o filme estava sendo gravado e eles não autorizaram a menção de Tolkien como personagem e para se evitar qualquer processo, os editores optaram por colocar esse personagem fictício.

Tolkien só veio a ser interpretado por um ator novamente quando o documentário “The Origin Of The Rings” do diretor Sean Buckley foi lançado em 2001. O nome do ator não é claramente mencionado, mas é um senhor idoso semelhante ao Tolkien. Não há nenhuma fala e nenhum desenvolvimento do personagem além de suas imagens na tela em gestos como caminhar ou escrever.

The Origin Of The Rings

No documentário “The Question of God: Sigmund Freud & C.S. Lewis” (A Questão de Deus: Sigmund Freud & C.S. Lewis), lançado em 2004, o ator Ian Bellman aparece rapidamente como Tolkien conversando com Lewis na estrada Adison. Mas é apenas uma rápida passagem e vista a distância, de modo que não há nenhuma interpretação ou fala do personagem.

No ano seguinte, em 2005, no documentário “C.S. Lewis: Beyond Nárnia”, o professor Tolkien é representado por dois atores Bem Lambert (Jovem) e Robert Hickson (Tolkien mais velho). Na primeira atuação Tolkien tem alguma conversa com o então jovem C.S. Lewis sobre a verdade e os mitos, enquanto que no papel de mais velho Tolkien aparece de forma rápida para contextualizar o papel de Lewis no grupo dos Inklings.

C.S. Lewis Beyond Nárnia

Em 2009 o documentário do canal History Channel, na série “Crash of Gods”, apresenta um especial sobre Tolkien. Os nomes dos atores não são mencionados nos créditos, mas é possível ver o Tolkien jovem no período da primeira Guerra mundial e um pouco mais velho (com bigode). Não há nenhum tipo de fala dos atores e são apenas mostrados como ilustração do documentário.

Outro documentário que a figura de Tolkien está presente é “Tolkien’s The Lord of the Rings: A Catholic Worldview”, onde o autor do Senhor dos Anéis é interpretado pelo ator Kevin O’Brien. Trata-se de um documentário especial para o canal católico EWT. Novamente, em 2013, Kevin O’Brien volta a interpretar Tolkien no documentário “Bilbo’s Journey: A Catholic Travel Guide to the Hobbit”. Nesses dois documentários a presença do ator no papel de Tolkien é constante e há várias interpretações de trechos de frases do Tolkien.

Kevin O’Brien como Tolkien

Em um filme curta feito como apresentação de trabalho de conclusão de curso de cinema, o então jovem Nye Green dirigiu o filme “Tolkien’s Road” em 2014. O ator Casey E. Lewis interpretou Tolkien em sua época adulta, enquanto Shay Green interpretou o Tolkien quando criança. Essa foi a primeira tentativa de uma produção de filme, ainda que não oficial, de colocar Tolkien como protagonista. O curta foi apresentado em alguns pequenos eventos e disponibilizado no youtube (veja AQUI).

 

Legends of Tomorrow – ator Jack Turner

Em 2017, a série “Legends of Tomorrow” apresentou Tolkien como personagem em dois episódios “Fellowship of the Spear” e “Aruba”, ambos parte da segunda temporada da série. O ator Jack Turner interpretou o autor do Senhor dos Anéis em sua fase de soldado na primeira guerra mundial, antes de ter começado a escrever suas histórias.

Após todo esse histórico, nota-se que o escritor J.R.R. Tolkien, muito embora tenha sido um dos mais conhecidos escritores do século XX, não teve se quer alguma aparição nas telas do cinema em larga escala. Essa grande lacuna parece que finalmente será preenchida no ano que vem com o lançamento do filme TOLKIEN.

O filme TOLKIEN será dirigido por  A primeira filmagens começaram em 9 de outubro de 2017 em Liverpool, no Reino Unido. Interpretando o protagonista do filme temos Nicholas Hoult, o jovem Tolkien, e a atriz Lily Collins que fará o papel da bela Edith Bratt. O Pe. Francis Morgan, tutor de Tolkien, será interpretado por Colm Meaney. O filme terá como foco o período de juventude de Tolkien, em que ele conheceu o amor, lutou na Primeira Guerra Mundial e após essas aventuras começou a escrever suas histórias fantásticas.

Facebooktwittergoogle_plusredditby feather

Deixar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: