Saiba mais sobre O Hobbit, Senhor dos Anéis…

Família Tolkien realiza exibição especial do último filme de O Hobbit!


zz171213PFLtolkien-6428402

 

 

O Dailypost apresentou a notícia de que na semana passada  ocorreu uma pré estréia do filme O Hobbit, a Desolação de Smaug que contou com a participação da família Tolkien no evento.

A sessão prévia do filme foi organizada pelos membros da família de J.R.R Tolkien para levantar fundos para o “MS Support Centre” em Saltney. Nesse centro o bisneto do professor Mike recebe tratamento por uma doença de neurose motora.

Mike , que mora em Deeside, foi diagnosticado com a doença que afeta o sistema nervoso há um ano e frequenta o centro de tratamento.

Mandy Doyle , a irmã de Mike , disse: “Tem sido incrível como temos tantos pessoas próximas da família e amigos aqui – tem sido ótimo ver todo mundo presente apoiando o Mike .  Nós somos uma família muito unida e é bom para dar ao Mike o conforto e o apoio que ele precisava para sair  – é muito difícil quando você tem sido tão ativo e perder tudo isso ao estar em uma cadeira de rodas e é preciso muita coragem para sair. “

Durante o evento os participantes tiveram a grata surpresa de receberem uma mensagem especial do diretor Peter Jackson e dos atores Martin Freeman e Benedict Cumberbatch. Todos os participantes ficaram admirados e felizes com a homenagem.

Leia a reportagem completa em inglês no Dailypost AQUI.

 

Entendendo um pouco sobre a Família Tolkien e os direitos literários de Tolkien

 

Poucos meses antes de seu falecimento, o professor Tolkien escreveu um testamento. Determinando quem seria o seu representante em questões de direitos autorais e o principal gestor de seu  legado. Nesse documento ele determinou que Christopher Tolkien, seu terceiro filho, seria o seu executor literário e ficaria encarregado de cuidar dos manuscritos e textos deixados.

Tendo esse direito, Christopher Tolkien iniciou uma série de livros e edições comentadas dos livros de seu pai. Uma tarefa que exigiram muitos anos de muita pesquisa e trabalho. Foram desses trabalhos que surgiram livros como o Silmarillion, Contos Inacabados, os doze volumes da série History of Middle Earth e mais modernamente Os Filhos de Hurin, A lenda de Sigurd e Gudrun e o mais recente trabalho A Queda de Artur.

Quando os filmes do Senhor dos Anéis dirigidos por Peter Jackson foram lançados, a reação de Christopher Tolkien foi de desaprovação e isso se manteve durante todos os anos seguintes. O que culminou com um processo judicial em 2008 em que a família Tolkien exigia os direitos decorrentes dos filmes que não haviam sido pagos devidamente (o equivalente 7% de todo o lucro dos filmes). Com isso o lançamento do filme o Hobbit foi adiado por alguns anos.

No ano passado (2012) Christopher Tolkien disse a respeito dos filmes de Peter Jackson o seguinte: “Eles evisceraram o livro, fazendo um filme de ação para jovens de 15-25 anos. E parece que O Hobbit vai ser da mesma laia. Tolkien passou a ser… devorado por sua popularidade e absorvido pelo absurdo do tempo. A distancia aumentou entre a beleza, a seriedade do trabalho, e o que se tornou estar além de mim. Este nível de comercialização (marketing) reduz a nada o significado estético e filosófico deste trabalho

Com isso Christopher Tolkien tomou a posição de não permitir mais vendas de direitos para produções cinematográficas de outras obras de seu pai, como é o caso do Silmarillion (saiba mais sobre isso AQUI).

Muitos fãs querendo uma adaptação para o cinema questionam quem será o sucessor de Christopher Tolkien após seu falecimento. Provavelmente a direção dos direitos ficará com a filha do Tolkien, chamada Priscila ou com algum dos filhos do Christopher Tolkien, o Adam, Rachel e o Simon Tolkien (veja notícia AQUI).

Essa família Tolkien que vemos na notícia acima, que promove os filmes não tem uma relação direta com o Silmarillion e provavelmente não poderão tomar a decisão final de venda de direitos autorais para filmes.

O Royd e Michael e Mandy são filhos de  Joanna Tolkien, filha de Michael Tolkien que é o segundo filho do professor. O principal apoiador dos filmes é o Royd Tolkien, que fez uma rápida ponta no Senhor dos Anéis, o retorno do rei, como um dos soldados de Osgiliath:

movies_return_of_the_king

Observado que Simon Tolkien (filho mais velho de Christopher Tolkien) havia sido deserdado por seu pai, ‘apenas’ por ter apoiado os filmes do Senhor dos Anéis em sua fase inicial. A família Tolkien portanto está dividida entre quem apoia os filmes e quem não apoia. Provavelmente Christopher Tolkien não tenha relações com essa parte da família Tolkien que apoia os filmes.

Facebooktwittergoogle_plusredditby feather

3 comentários

  1. Logalf DH /

    Cara , Christopher não mantem relações com a familia por causa de filmes ? Eu acho isso babaquice , respeito o fato de ser obras estimadas do Professor , mas o publico que lê na minha opinião é muito menor do publico que assiste , e obras como o senhor dos anéis e o Hobbit são sucessos e deram ótimos filmes , atraindo uma legião de fãs , só que o cara não percebe isso , claro que nem todas as publicações que saem pras telas são boas , por exemplo , prefiro muito mais ler game of Thrones e do que assistir a série. Outro exemplo é o Livro de Narnia que é mto melhor que os filmes , que não fizeram muito sucesso , mas Narnia é uma boa história, em livros.No caso obras do Tolkien são unicas e Peter Jackson é um genio cinematografico , que promete e manja dos filmes do Tolkien. Christopher poderia dar uma chance de ver a obra de seu pai fazer muito mais sucesso, sendo que se ele passar os direitos pra alguém , essa pessoa poderia muito bem deixar mais obras virarem filmes.E outra coisa , eu nunca deixaria de falar com meus familiares e nem deserdaria meus filhos se eles tivessem uma opinião diferente da minha.

  2. NADÚ NOBERK /

    Lembrando que a relação Filme-Livro é aferida por um abismo, tenho que concorda com a ideia do legado ser respeitado, mas, a filmagem de um acervo da magnitude do Tolkien, do meu ponto de vista, tem que ser transmitido para a telona, claro que com o cuidado de não deturpar o conceito base literário, mas se for bem feito, tal forma de entretenimento, o cinema, virá a contribuir para o conhecimento e reconhecimento desse mundo literário. No meu caso, tardiamente, conheci o autor mas a partir da leitura da saga do Um Anel tornei-me fã, e sendo fã de cinema entendo que a sétima arte tem a contribuir, e muito, com um legado tão grandioso que este homem (Tolkien) nos deixou, que a meu ver, está muito acima dos atuais escritores, não querendo desmerecer ninguém como o autor de “Games of Thrones”. Fico na torcida de que grandes filmagens sejam realizadas levando ao conhecimento do público que aprendeu a não ler mas sim assistir, e quem sabe, tornem-se futuros leitores desse universo maravilhoso que se chama J.R.R. Tolkien. Abraços.

  3. Tarfk Ant /

    Nenhum deles é parecido com o Tolkien, triste.

Trackbacks/Pingbacks

  1. Conhecendo Royd Tolkien - Tolkien Brasil - […] Família Tolkien Realiza exibição especial do último filme de O Hobbit […]

Deixar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: