Saiba mais sobre O Hobbit, Senhor dos Anéis…

Faleceu Sir Terry Pratchett, escritor de fantasia e fã de J.R.R. Tolkien

Terry Pratchett

 

Hoje, 12 de março de 2015, faleceu aos 66 anos, escritor Sir Terry Pratchett, conhecido por sua série de fantasia “Discworld”.  Ele havia se tornado um sucesso no Reino Unido entre os leitores desse gênero e se tornou o mais vendido nos anos 90 até o surgimento de J.K. Rowling.

Como muitos jovens Ingleses, Terry Pratchett começou a ler Tolkien ainda bem jovem, quando tinha 13 anos (em 1961). E o Senhor dos Anéis foi uma grande influência em sua vida como escritor.

Em 2001 foi publicado o livro “Meditations on Middle-earth” que reúne vários artigos de escritores de fantasia (incluindo George R.R. Martin) para homenagear J.R.R.Tolkien. Nesse livro Terry Pratchett contribuiu com o artigo “Cult Classic” em que faz uma relação do Senhor dos Anéis e seu sucesso literário com o fato de ser um clássico. No artigo Prachett relata como foi sua primeira experiência com a obra de Tolkien, veja alguns trechos:

. . . Não me lembro onde eu estava quando JFK foi baleado, mas eu me lembro exatamente onde e quando eu comecei a ler JRRT. Era véspera do ano novo de 1961. Eu estava como babá para os amigos dos meus pais, enquanto todos foram para uma festa. Eu não me importava. Eu tinha pego os três volumes pesados como âncoras de iate da biblioteca naquele dia. Os Meninos na escola tinham me falado sobre ele. Eles disseram que tinha mapas dentro deles. Isso me impressionou na época como um bom indicador de qualidade. . .

 …O que consigo me lembrar?  Lembro da visão dos bosques de faia no Condado; Eu era um menino do interior, e os hobbits estavam andando por uma paisagem que, tinha casas estranhas, era bem parecido com com o lugar que eu tinha crescido. Lembro-me como um filme. Lá estava eu, sentado no sofá estilo anos sessenta, na sala bastante fria, mas nas bordas do tapete a floresta começou. Lembro-me da luz verde, que vindo através das árvores. Eu nunca, desde então, de modo verdadeiramente tive a experiência de estar dentro da história…

 …Não me lembro de ir para casa com os meus pais, mas eu me lembro de estar na cama até as três horas da manhã, ainda lendo. Não me lembro de ir dormir. Lembro de acordar com o livro aberto no meu peito e me levantar logo para ir ler. Eu levei, oh, cerca de vinte e três horas para chegar ao fim.

 Em entrevista dada em Agosto de 2014, ao “The New York Times” , Terry Pratchett respondeu a pergunta “Qual o seu escritor de fantasia favorito ?”

O.K. Eu escolho J. R. R. Tolkien. Escrevi uma carta para ele uma vez e recebi uma resposta muito agradável. Penso no quão ocupado ele foi e ainda assim ele teve tempo para escrever para um fã.

O conteúdo da carta que Terry Pratchett recebeu de Tolkien ainda é desconhecido do grande público. Mas com o passar do tempo certamente será divulgado.

Em 1991, Terry Pratchett escreveu um pequeno conto “Troll Bridge” que foi publicado em um livro em homenagem a Tolkien chamado “After the King: Stories In Honor of J.R.R. Tolkien” (Após o Rei: Histórias em homenagem a J.R.R. Tolkien). Esse conto faz parte da sua série DiscWorld.

Pratchett foi reconhecido pela realeza Inglesa e se tornou Cavaleiro da Ordem do Império Britânico em 2009, passando a ter o título de “Sir Terry Pratchett”. J.R.R. Tolkien também foi membro dessa instituição em 1972 como Commander.

Em entrevista concedida ao site gamesradar.com, em 9 de julho de 2008, foi perguntado “Por que você se sente desconfortável em ser posterior a Tolkien ?” E ele respondeu:

“Eu acho que Tolkien permanecerá em mais de cem anos, mas não tenho certeza de que eu vou.”.

Ao longo de sua vida Sir Terry Pratchett publicou mais de setenta livros e vários contos e artigos. Lutou bravamente contra a doença de Alzheimer.

Facebooktwittergoogle_plusredditby feather

Um comentário

  1. Leandro Domingos /

    Meu tributo a um dos autores que mais me influenciou, ao lado de Neil Gaiman. Minha história com Terry Pratchett​: http://candriariviera.blogspot.com.br/2015/03/terry-pratchett-1948-2015-mais-que-um.html

Deixar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: