Saiba mais sobre O Hobbit, Senhor dos Anéis…

Janet Brennan Croft, especialista em Tolkien fala sobre o filme O Hobbit

 

janet-brennan-croft_original

As obras de Tolkien carregam uma complexidade surpreendente. Tanto é que há diversos especialistas, em termos acadêmicos, das obras de J.R.R.Tolkien. Esses especialistas é dado o nome de Tolkienistas ou Tolkien Scholar. O critério para se afirmar quem é ou não um especialista é algo muitas vezes subjetivo, mas no caso de Janet Brennan Croft é notório o seu conhecimento amplo sobre a obra de Tolkien. Justamente por isso que foi escolhida pelo diretor Peter Jackson para auxiliar no roteiro dos três filmes de O Hobbit.

Janet Brennan Croft, uma escritora norte americana é a chefe dos serviços de acessos e professor associada na Universidade de Oklahoma.  Ela tem mestrado em Ciências Biblioteconomicas pela Universidade de Indiana e, é autora dos livros “War and the Works of J.R.R. Tolkien (Praeger, 2004; vencedor do prêmio da Mythopoeic Society pelos estudos Inklings) E tem diversos artigos publicados sobre J.R.R. Tolkien em periódicos como Mythlore, Mallorn, Tolkien Studies, Seven, e outros. Além disso foi editora de duas coletâneas de ensaios: “Tolkien on Film: Essays on Peter Jackson’s Lord of the Rings “(Mythopoeic Press, 2004) e “Tolkien and Shakespeare: Essays on Shared Themes and Language” (McFarland, 2006). Ela é editora, desde 2006, do periódico acadêmico Mythlore, publicado pela Mythopoeic Society.

O trabalho de Janet Croft nos filmes de “O Hobbit” é fazer com que os roteiristas estejam escrevendo corretamente os textos de modo que não violem direitos autorais. Já que eles tem que se limitar apenas ao que está desenvolvido no livro O Hobbit e nos apêndices do Senhor dos Anéis. Pois os direitos autorais de referências ao Silmarillon, Contos inacabados e outras obras estão com a família Tolkien, que não vendeu (e não pretendem vender) esses direitos para filmes (como pode ser visto neste artigo AQUI).

Assim, embora o filme contenha partes das histórias dos apêndices do Senhor dos Anéis (A batalha de Dol Guldur, e histórias anteriores dos anões) não se pode fazer referência a outras partes de livros protegidos por direitos autorais. Como é o caso do nome dos outros dois Istaris, que são explicados no livro Contos Inacabados, mas que no filme Gandalf diz não se lembrar dos nomes e detalhes sobre eles.

Em entrevista ao site post-gazette.com, Janet Croft fala sobre o que está achando do roteiro dos filmes e do desenvolvimento dos personagens na história.

Sobre o andamento dos filmes de O Hobbit, Janet Croft afirma que: “Eles acolheram algumas das coisas que eu mencionei (no primeiro filme), mas eu não sei se foi em razão daquilo que eu apontei. Eles estão mudando as coisas todo tempo. O filme ficou diferente do último roteiro que eu vi.”

Os atores não receberam os roteiros até que eles estevessem firmemente organizados para as filmagens, mas por meio dos advogados da produção eles encontraram a Sra. Croft.  Ela ficou surpresa com o convite para trabalhar nos filmes, pois seus ensaios sobre “O Senhor dos Anéis” não eram sempre gentis com as escolhas de Peter Jackson como co-roteirista e diretor.

Ela se preocupa com o que os filmes podem fazer com os personagens. E também com a história propriamente. Ela disse que a título de exemplo “Nota-se (vislumbres) das aranhas gigantes do lado de for a da casa de Radagast. (No livro), Bilbo não vê as aranhas até ele entrar na Floresta das Trevas”. Quanto ao personagem Radagast,o castanho, ela se preocupa se ele vai se tornar uma espécie de “Jar Jar Binks de O Hobbit”.

Outro especialista em Tolkien que trabalha na produção dos filmes é o linguista David I. Salo, que já auxiliou nos três filmes de O Senhor dos Anéis, em traduções dos diálogos para o Quenya ou Sindarin, e desenvolvimento de expressões linguísticas para os homens, anões e Orcs. Nos filmes de O Hobbit ele está fazendo o mesmo trabalho, porém ampliando mais as línguas dos Orcs e dos anões, que tiveram menos enfoque nos filmes do Senhor dos anéis.

Fonte: http://www.post-gazette.com/stories/ae/movies/person-of-interest-janet-brennan-croft-tolkien-scholar-669192/

facebooktwittergoogle_plusredditby feather
  • Natallie Chagas

    Gosto muito dos artigos e trabalhos dessa mulher. É muito bom ver que PJ não abre mão dos especialistas em Tolkien para os filmes.