Saiba mais sobre O Hobbit, Senhor dos Anéis…

Entrevista exclusiva com Richard Armitage, o THORIN!

 

Em 03 de dezembro de 2012, a greendragon do site TheOneRing.net, parceiro internacional do Tolkienbrasil.com, teve a oportunidade de fazer uma entrevista exclusiva com o ator Richard Armitage, que interpreta o personagem Thorin, escudo de carvalho no filme O Hobbit, uma jornada inesperada. Entenda um pouco mais sobre como o ator estruturou seu personagem e suas inpirações para o papel, nessa entrevista traduzida por Susane Soares.

 

GreenDragon:  Começamos nossa conversa falando sobre o sucesso da audição e como lidar com o nervosismo

Richard Armitage: É muito difícil… Devo te dizer quando finalmente comecei a trabalhar… como isso aconteceu comigo. Imaginei o que diriam para mim: “Tal pessoa está saindo fora, queremos você e estaremos filmando amanhã – nós apenas precisamos te ouvir fazendo agora, mas começamos a filmar amanhã”. Então, é como, oh eles já me querem, mas preciso decidir o que eu farei amanhã, porque estarei na frente das câmeras amanhã. Foi assim que eu passei na audição…

GreenDragon:  Parabéns pelo filme; é tão emocionante que finalmente está saindo!

Richard Armitage: Obrigado. Vocês fãs dão muito apoio.

GreenDragon:  O tom deste filme talvez seja um pouco mais leve do que o dos filmes O Senhor dos Anéis, pois O Hobbit é um livro mais infantil…

Richard Armitage: É interessante e uma decisão difícil porque no minuto que eles saem pela porta do Bolsão eles encaram perigo depois de perigo. Fica muito sombrio. Então, estou agradecido que Pete usou o tempo em Bolsão apenas para divertir os anões quando eles ainda eram capazes de se divertirem e descansar. Pois isso é a única coisa que eu realmente estava lutando com Thorin, tentando entender que esse foi apenas um lampejo de humor, uma chance para ele sorrir, porque não estava apenas por estar lá. Caso contrário, ele é só esse velho rabugento e ignorante.

GreenDragon:  Mas a tristeza e a vulnerabilidade que você traz para o papel impede dele parecer muito mal-humorado!

Richard Armitage: Isso é interessante… porque a tristeza é realmente a sua própria falha. Eu acredito que exista certa quantidade de reconhecimento no que ele é bom e naquilo que ele não é, e o medo que ele tem de ir pelo mesmo caminho como o seu pai que se perdeu, eles não sabem onde ele está. E é esse medo de que ele está indo para o mesmo caminho. A ira vem de Azog e de seu avô sendo decapitado, e então o medo insondável do que está na montanha… e liderando seus poucos amigos, seus sobrinhos, na direção daquele medo – é apenas uma coisa terrível a ser feita. Pois, Balin e Dwalin e ele mesmo são as únicas pessoas que realmente sabem o que está dentro daquela montanha, ainda assim ele tem que parecer brilhante para os anões, que estão todos sentados em volta da mesa pensando no ouro, e no fundo de sua mente ele esta pensando, “Vocês não têm ideia do que irá enfrentar – nós já vimos – mas ainda assim vocês virão comigo…” É uma coisa muito difícil de pedir – sabendo que você está levando eles para o horror.

GreenDragon: As características do seu Thorin me lembram dos monarcas Shakesperianos; você procurou por Shakespeare ou outro teatro ou literatura para inspiração?

Richard Armitage: Sabe, eu procurei apenas me inspirar em Tolkien – Procurei por todo o seu trabalho, principalmente os anões, pois ele escreve sobre os anões em geral… Em termos de preparação, quase aconteceu por acidente porque eu estava fazendo um trabalho de voz e eu queria que ele soasse de certa maneira. Eu queria deixar a minha voz mais baixa e que ele fosse capaz de falar baixo, mas ressonantemente… e acabei usando Henrique V, Ricardo III e Macbeth em solilóquios que eu poderia usar para obter uma produção vocal. Mas encontrei em cada um dos três personagens [aspectos de Thorin]… A ideia toda de um grito de guerra de um líder no campo de batalha é muito do Henrique V; a odiada deformidade de Ricardo III foi relevante; e também a figura de Macbeth quando se trata da cobiça pelo ouro – esse homem que acredita que está fazendo a coisa certa e é corrompido por algo que no final o destrói… Eu apenas senti que estas três figuras foram todas muito úteis para ter na minha cabeça.

Philippa realmente escreve… a escrita realmente evoluiu em torno do nosso trabalho – então ela fez o personagem em uma espécie de tom Shakesperiano. Quero dizer, Tolkien é um pouco atrevido com Thorin… você sabe, quando Thorin fala em Bolsão, Tolkien parece que chega a ele e diz, ‘Essa era a sua maneira’ –  que Thorin poderia ser uma espécie de palestrante excessivamente detalhado! Ele é quase como, ‘Anda logo com isso!’… Então eu queria ser entretido por isso, mas ao mesmo tempo, Philippa e Fran realmente deram um tom para Thorin que eu gostei muito – elas me deram umas grandes falas para dizer e frases muito bem estruturadas. Então, você está certa – o material Shakesperiano foi realmente útil.

GreenDragon: Com tudo o que você traz com o Thorin as pessoas que leram os livros – especialmente aqueles que não sabem o que está por acontecer – ficarão devastados com o terceiro filme!

Richard Armitage: Se eles ainda não leram o livro… Sim [com alegre entusiasmo] Isso é tão bom. Não consigo nem começar a te contar – é muito bom… O jeito que está estruturado – Eu sei que nós não deveríamos falar sobre isso, mas em todos os níveis superou a minha expectativa. Sabe, você pensa para si mesmo, ‘Poderia ser assim’ – e o Peter faz melhor. E você fica surpreso e animado com o lugar que ele te levou. E aquele momento no final [do primeiro filme] – aquela cena foi originalmente outra coisa, e porque eles estavam elaborando um novo final, ele mudou para esse lugar e eu estava um pouco irritado, pois nós tínhamos filmado aquela cena e ele queria filmar de novo. Mas no final no dia, todos nos estávamos chorando muito. Foi o nosso último dia de filmagem e todos sussurravam um com o outro sobre que estávamos fazendo … eu abracei o Martin, todos estavam se abraçando – aquela tinha sido a última cena filmada. Todos estavam tão emocionados – e o Peter tem isso, ele entende isso… Ele leva você para o lugar onde você fica no limite da emoção; você não é induzido, mas é… quando eles veem a montanha de longe, eu mal podia falar – eu estava tão comovido, eles nem tinham seguido muito adiante, pois a montanha ainda estava distante.

GreenDragon: Isso deve deixar o trabalho mais fácil, trabalhar com um diretor que ajuda você a encontrar uma ressonância emocional.

Richard Armitage: Sem perguntar para você, sem dizer o que ele está fazendo – você encontra você mesmo ali porque ele esta te desenhando lá, mas ele não diz para onde ele está te levando. Incrível – um verdadeiro gênio.

GreenDragon: E o que vem depois – além de deixar a barba crescer de novo?

Richard Armitage: Eu não consigo esperar! Eu sinto falta daquela barba! Ela era realmente estranha. Eu tinha eu a odiava e então a tirei, mas ai eu fiquei assim: ‘Onde está o meu queixo?!’

GreenDragon: Você acha que esse filme poderia trazer barbas de volta para a moda?

Richard Armitage: Poderia – eu até penso em barbas para mulheres – porque quando você vê as mulheres anãs… Eu realmente penso que barbas para mulheres seria estranho. Eu acho que talvez calçados – esse inverno ou talvez o próximo, aquelas grandes e pesadas botas dos anões, com biqueira de aço – isso realmente ficaria ousado…

GreenDragon: Moda anã para mulheres? Barbas rosas?

Richard Armitage: Longas barbas rosas… Estola de pele falsa… E além de design de moda, qual é a próxima pra mim?! (muitas risadas)

Eu só não sei. Realmente não sei. Estive lendo todos os tipos de coisas interessantes, mas eu apenas queria que as pessoas vissem o filme, e porque eu sou novo no pedaço, e muitas pessoas não conhecem o meu trabalho… e quero que elas conheçam.

GreenDragon: Um novo mundo de estrelato espera por você!

Richard Armitage: Bem, eu não sei sobre isso… pois não sou muito bom em dizer para as pessoas que eu sou um ator decente… Eu nem sei se eu sou assim… mas eu quero que as pessoas tenham uma reação. Eu não sou bom em me promover falando – Eu sou melhor mostrando.

 

Pra completar veja um video (em inglês) do ator Richard Armitage falando sobre sua interpretação do personagem Thorin:

Fonte: http://www.theonering.net/torwp/2012/12/05/66668-richard-armitage-talks-to-theonering-net/

  • EliasCooper

    Que Foda !

  • Chrno Todd

    Thorin vai ser o Aragorn do’Hobbit! ahuahuahuauah
    O livro inteiro do’Hobbit é divertido, até nas cenas de perigo. Divertido que eu digo, é que mesmo em várias cenas, não tem aquela “sombriedade” que LoTR tem, o que de forma alguma é uma falha. Ansioso demais pro filme!

  • HeitorBonfim

    Muito Legal!!

    Não conhecia o site achei pelo facebook.com/tocadodragao

  • Pingback: Richard Armitage talks to TheOneRing.net | Hobbit Movie News and Rumors | TheOneRing.net™