Saiba mais sobre O Hobbit, Senhor dos Anéis…

Versos do UM ANEL em Inglês Antigo

by Eduardo Stark

O professor Tolkien escreveu suas histórias da terra média com o simples propósito de criar um mundo para as suas línguas criadas. Ele pensou primeiro nas linguas para depois formar um mundo em que elas sofreram suas mudanças históricas.

Uma das línguas que o professor mais estudava e trabalhava nela era certamente o Inglês antigo,  conhecido como anglo-saxão (que em Inglês Moderno é chamado de Old English ou Anglo-Saxon). Essa  língua histórica deu origem ao atual Inglês falante. Essa língua arcaica teve suas origens por volta do século V e foi completamente modificada (ou caracterizada como outra lingua) em meados do século XII. Trata-se de uma língua germânica ocidental e é, portanto, similar ao frísio antigo e ao saxão antigo. É também semelhante ao norueguês antigo (e, em decorrência, ao islandês moderno).

Escutar e ler a língua do inglês antigo é como se estivessemos vendo um cavaleiro de Rohan falando nativamente em sua língua, ao invés do Westron (lingua comum). É realmente interessante poder imaginar essa língua sendo falada por cavaleiros medievais na Inglaterra e na Escócia.

O escritor Tolkien ficou conhecido por sua obra O Senhor dos Anéis. Logo no inicio do livro pode-se ver os versos que estão contidos no UM ANEL. A partir dele é que foram feitas traduções do inglês moderno para o inglês antigo.

A primeira tradução que podemos ver abaixo foi a realizada em 2008 por Freya Harrison, e publicada no site sessrumnir.wikidot.com. A tradução contou com a colaboração de  Jim Sinclair .

 

OE alliterative verse1. þrie hringa cyngum ælfcynnes heaum
2. in middangeardes grenholtum heanes to hrofe
3. seofon sincgiefum dweorgas of dunum
seo foldesbreost forhelest symbelhus stænen
4. nigon manndryhtnum guðweardum gumcynnes wyrd sceol gescieran læne lif of licum
5. ond an thaem deorcan on his sweartan stole
6. in westnese mordores fæste forbræded
7. an hring ælce to wealdanne ælce to findenne
8. an hring ælce to bringenne þeowas in þeostre
9. in westnesse mordores fæste forbræded 
Literal translation1. Three rings for noble kings of elf-kind,
2. In Middle-earth’s greenwoods, the sky for (a) roof.
3. Seven for ring-givers (i.e. lords) of mountain dwarves;The Earth’s breast conceals stone feasting-halls.
4. Nine for lords of men, battle-leaders of noble races;Fate shall cleave fleeting life from (their) bodies.
5. And one for the dark one on his black throne,
6. In Mordor’s waste, heavy with shadows.
7. One ring to rule all, (one ring) to find all,
8. One ring to bring all, slaves in darkness,
9. In Mordor’s waste, heavy with shadows. 

 

A segunda tradução dos versos do Um Anel para o Inglês antigo foi elaborada pelo escritor especialista em Inglês, formado em harvard, Carl Edlund Anderson e foi publicada no site carlaz.com.

 

Hringas þríe       þéodnum Ælfa,
allra ældestum,     ofer eormengrunde.
Hringas seofun     innan sele stænnum
Dwergdryhtnum.     Derc heara hús.
Hringas nigon     néote Moncynn,
hláfordas méra     mégas déaðfæge.
Heolstres Hearra     hring ánne weardað
in dryhtsele dimmum     on dercan þrymmsetle
þér licgað scedwa     in londe Mordores.
Hring án gewalde,     hring án gefinde,
hring án gebringe,     hring án gebinde
þéoda swá þéowas     in þéostrum tógedere
þér licgað scedwa     in londe Mordores.
Rings three     for the rulers of Elves,
eldest of all,     above the mighty-ground.
Rings seven,     in halls of stone,
for the Dwarf-leaders.     Dark their houses.
Rings nine     (may) Mankind use/enjoy,
masters of horses,     kinsmen fated-to-die.
Dark’s Lord    wards one ring
in dim/gloomy leader-hall     on dark majesty-seat.
where lie shadows     in Mordor’s land.
Ring one (may) rule,     Ring one (may) find,
Ring one (may) bring,     Ring one (may) bind
nations as slaves     in darkness together
where lie shadows     in Mordor’s land.

 

Com base no último texto é que foi elaborado o video a seguir de leitura dos versos do UM anel:

 

 

No livro do senhor dos anéis pode-se ver que os escritos do um anel estão em uma língua antiga conhecida como Língua Negra de Mordor, cujos povos livres da terra média raramente ousam pronunciar. Veja aqui a leitura (sinistra) do verso do Um anel na língua negra de mordor:

 

Ash nazg durbatulûk, ash nazg gimbatul,
ash nazg thrakatulûk, agh burzum-ishi krimpatul.

 

Para ver outros videos, acesso nosso canal no youtube e faça sua inscrição, curta e comente. Basta acessar AQUI.

 

Fonte1: http://www.carlaz.com/tolkien/oe_ringverse.html

Fonte2: http://sessrumnir.wikidot.com/englisc-ringverse

 

 

Facebooktwittergoogle_plusredditby feather

Sem comentários

Deixar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *