Saiba mais sobre O Hobbit, Senhor dos Anéis…

Como pronunciar ‘corretamente’ a palavra “TOLKIEN”

By Eduardo Stark

Antes de qualquer coisa, deve-se explicar PARA QUE aprender a pronunciar o nome “Tolkien” ‘corretamente’. Se você é um fã dos escritos do professor não é necessário grandes explicações. Mas se você se encontra entre aqueles que não se preocupam com minúcias e detalhes, a pronuncia do nome corretamente também é relevante, especialmente para não ser constrangido em algumas situações. Afinal, você não pronuncia o nome “Michael Jackson” conforme se lê no Português (que ficaria algo como ‘Mixaeu jáquison’), todo mundo pronuncia como no inglês (com o som “Maicon jéquison”).

O fato é que até mesmo no país em que Tolkien vivia, aliás, até mesmo entre seus amigos e familiares também havia uma dificuldade em pronunciar o nome. Tanto é que ele era chamado por de John, Ronald ou Tollers (um trocadilho de palavras feito por seus amigos).

Se o professor Tolkien estivesse vivo e observasse o seu nome sendo pronunciado de forma estranha, certamente se sentiria incomodado (como realmente assim se sentiu ainda em vida), pois afinal ele foi um linguista e se preocupava com os mínimos detalhes das palavras, ainda mais quando se trata de seu próprio nome.

Em diversas situações ele teve que corrigir as pessoas quanto a pronuncia de seu nome, logo no inicio do sucesso dos livros estavam começando. Em vida, o professor Tolkien teve diversas situações (algumas até constrangedoras pra ele) em que alguém pronunciava o seu nome incorretamente, ou o escrevia forma errada.

A dificuldade pronunciar o nome deve se apresentar na origem do nome, que é alemã, como o professor Tolkien assim explica em uma de suas cartas:

“Possivelmente a razão pela qual meu sobrenome é agora geralmente escrito erroneamente TOLKEIN, apesar de todos meus esforços para corrigir isso, até mesmo por meus secretários da faculdade, contadores e secretários dos advogados! Meu nome é Tolkien, anglicizado a partir de To(l)kiehn = tollkühn, e veio da Saxônia no século XVIII. Não é de origem judaica, apesar de que eu consideraria uma honra caso o fosse”. (Carta 324 – De uma carta para Graham Tayar).

Muitos fãs do professor Tolkien, especialmente em países que não tem a língua inglesa como oficial, tem uma dificuldade de pronunciar o sobrenome de nosso querido professor.

No Brasil é muito comum a pronúncia do sobrenome como se houvesse um acento circunflexo na primeira sílaba ‘Tol’ que transcrevendo o som ficaria “Tôu”. Assim, a primeira sílaba é a tônica, enquanto que a segunda “Kien” é a mais fraca e se pronuncia aqui como “quin”. Assim, em termos de pronuncia brasileira mais comum do nome temos algo como “Tôuquin”.

Há também a pronuncia brasileira em que se destaca o “e”. Assim, ficaria algo como “Tôuquiên”. Essa pronuncia é a mais distante do inglês, já que a última silaba “Kien” é pronunciada como no inglês “keen”, que fica com o som de “quín”.A respeito da pronuncia da última silaba se seu nome o próprio professor falou a respeito de sua pronuncia:

“Quase sempre sou escrito como Tolkein (não por você): não sei por que, uma vez que sempre é pronunciado por mim –keen”. (Carta 347 – Para Richard Jeffery)

 

Tomando como base a pronuncia dita pelo próprio professor, podemos então abandonar a pronuncia que enfatiza o som do “E” em “kien”. È como se ele não existisse em termos de som e fosse substituído pelo som do “I” um pouco mais prolongado.

Não se pode confundir também a pronuncia do nome do professor com a palavra “Talking” em Inglês. Que aliás, era (e ainda é) um trocadilho deveras comum com o nome do professor, pela similaridade sonora (na cerimônia do Oscar de 2004, na divulgação do resultado de melhor edição de filme o ator Pierce Brosnam brincou com essa similaridade).

 

 

Há também controvérsia sobre qual seria a silaba tônica no sobrenome Tolkien. Ou seja, deve-se pronunciar com mais ‘força’ a silaba “Tol” ou a “Kien”. A maioria dos falantes da língua inglesa, especialmente os norte americanos, falam com mais força a primeira silaba “Tol”, deixando a segunda sílaba “Kien” com menor força. Contudo, há quem pronuncie a última silaba com maior intensidade, talvez pessoas mais velhas de origem inglesa (como é o caso do ator Christopher Lee, que pronuncia com mais força sonórica a última silaba). O fato é que pronunciar a última silaba com mais força sonora diferencia melhor o nome “Tolkien” da pronuncia de “Talking”.

 

Resumindo, as diversas formas de se pronunciar o nome Tolkien, as mais comuns são as seguintes:

1-      Tôuquin

2-      Tôuquiên

3-      Tól – quin

4-      Tól – cain

5-      Tol – quín

A pronuncias 2 e 5 podem ser descartadas, pois o professor Tolkien já se pronunciou sobre isso como visto acima e por isso não pode ser aceito.

Afinal qual dessas formas é a considerada correta¿

Não acredito que exista algo que se possa dizer “correto” em termos de línguas. Afinal, as formas de se comunicar na humanidade sempre mudam e se transformam, passando daquilo que é considerado como gramaticalmente inapropriado para comum e aceito na língua.

Mas o fato é que no local de ‘origem’ do nome do professor existe uma pronuncia mais comum que corresponde a aproximadamente “Tól- quin”, que é a forma usada pelos familiares que conheceram Tolkien em vida. Enquanto no Brasil é pronunciado “Tôu – quin”.

Mas como disse, ninguém pronuncia Michael Jackson como ‘Mixaeu jáquison’…..

————————————————————————————————————

OBS: Para se ter uma dos sons e escutar é recomendável que acessem o Google tradutor  com a palavra Tolkien em inglês e Português e cliquem em ouvir, vejam a diferença AQUI.

Para escutar a pronuncia em inglês clique AQUI

 

Facebooktwittergoogle_plusredditby feather

6 comentários

  1. Diego Klautau /

    Interessante o post. Aliás tenho acompanhado o site e está de parabéns! Ouvi todos os podcast e gosto muito do material.

    Apenas duas ressalvas para promover a discussão, porque eu falo Tôlquien.

    1. Ok quanto ao som do quiên ser pronunciado como quin, embora eu mesmo já tenha escutado membros da família Tolkien falando Tolquien (sem muito acento no ên, como algo mais flúido, fazendo a diferença entre i – ê, algo como Tol-kee-en, ou algo como Tôl-quiin – com dois i´s ), principlamente com sotaque britânico mais arrastado. De qualquer forma alguns fonemas em inglês são bem mais difíceis para o brasileiro (afinal a pronúncia correta é MáicôL Djéquison e não Maicon Jéquison), o que justificaria a pronúncia Tôlquien.

    Nesse artigo aparece como a própria família Tolkien pronuncia seu nome, Tol-kee-en

    http://www.examiner.com/article/tolkien-101-how-does-one-pronounce-tolkien

    2. Se o Tol é aberto ou fechado é um drama mesmo. Pensando em palavras em inglês como Tolerate e Told (verbo no passado) podemos pensar no Tôl fechado. Mas suspeito que essa questão deve ser primordialmente de sotaques (accent) entre o norte-americano (mais aberto) e o britânico (mais fechado, principalmente para não confundir com Talking).

    Novamente um grande abraço e parabéns pelo trabalho!
    Diego Klautau

    • Uma boa Análise Diego Klautau. Como disse não existe pronuncia correta. Mas existe aquela mais utilizada pelo local de origem do professor e que certamente não é Tôl- quien e nem Tôu-quin (embora o Canadá tenha um pouco dessa tendência de pronuncia). A referência a Michael Jackson foi para ilustrar o texto no sentido de que nós não falamos como está escrito usando a pronuncia do Português, mas usamos pronuncia estrangeira para um nome estrangeiro (regra essa que deveria valer para o caso do nome do professor), o que invalida a pronunica aportuguesada do nome (com o acento circunflexo na primeira sílaba). Eu que agradeço a visita e participe sempre de nossas atividades. Obrigado. E até mais.

      • Diego Klautau /

        Essa é uma questão espinhosa para os admiradores e como disse a própria família Tolkien fala com o circunflexo (que devemos adotar se escolhermos o critérios de autoridade da tradição e do costume mais frequente, afinal uma vez que se a própria família fala com o circunflexo, quem somos nós pra dizer que eles falam errado o próprio nome?). Além disso pode prestar atenção como alguns atores pronunciam (principalmente os de origem britânica), eles sempre falam o Tôlquien ou Tôlquin. Minha impressão é que o Tól, aberto, é utilizado pelos norte-americanos mesmo.

        Obrigado pelo resumo da Premiere! Aproveitemos e escutemos como cada um fala o nosso estimado nome Tolkien!

        • A família Tolkien não pronuncia com o circunflexo, porque a sílaba tônica da palavra para eles não é o “Tol” e sim o “Kien”. O que difere em muito da pronuncia Brasileira. Um exemplo da pronuncia “Tól – quin” é feita pelo especialista brasileiro Ronald Kyrmse no video apresentado: http://tolkienbrasil.com/noticias/sobre-livros/video-resenha-explicando-tolkien-de-ronald-kyrmse/. Portanto, a pronuncia Brasileira Tôu-quin difere e muito tanto da britânica quanto da forma de falar da família Tolkien.

          • Diego Klautau /

            Nossa! Depois de quatro meses veio o comentário de resposta! Acho bacana ter respondido depois de tanto tempo e só agora que vi essa última postagem. Eu sei que o Kyrmse pronuncia Tólquin, assim como algumas pessoas (inclusive o Peter Jackson) mas veja nesse vídeo como a própria locutora (bem com sotaque inglês) do documentário na versão estendida do filme fala Tôlkin (com o circunflexo) nos tempos 00:40; 01:00; 01:20; 02:32 e por aí vai.

            http://www.youtube.com/watch?v=1iAbgAKZUnA

            VEja que mais alguns comentaristas falam Tôl=-quin (com com cirncunflexo). A grande questão é que na minha adolescência eu aprendi a falar Tôuquien (o que é a pronúncia brasileira) e essa tônica me remete carinhosamente àqueles anos de descoberta da Terra-Média! Mas vejo que o Tólquin é bastante aceito também.

            Novamente parabenizo pelo site!

          • Diego Klautau /

            Aliás, como mostrei no site da minha resposta anterior, no tempo 04:15 o próprio Peter Jackson fala Tôlquin (fechado) embora já tenha se referido a Tólquin (aberto).

Deixar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: