Peter Jackson: "Eu não sabia que diabos estava fazendo" quando fiz O Hobbit

PeterJackson-2

Por: Sérgio Ramos.

O jornal britânico The Guardian trouxe uma revelação surpreendente dos extras do filme “O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos”: o diretor Peter Jackson admite que “estava voando” e inventando coisas enquanto gravava a trilogia Hobbit.

Segundo consta, o diretor da trilogia, Peter Jackson, confessa que filmou os filmes sem a preparação adequada para uma obra de tal magnitude.

De acordo com Jackson:

Como Guillermo del Toro teve que sair, eu entrei e assumi, e nós não voltamos o relógio um ano e meio para que eu tivesse um ano e meio para me preparar para projetar o filme, que era muito diferente do que ele estava fazendo. Era impossível e, como resultado dessa impossibilidade, eu simplesmente comecei a gravar o filme com a maior parte ainda sem estar pronta.

Você está lá no set de gravações e está voando, você tem essas massivas cenas complicadas, sem storyboards, e você está inventando tudo lá no local […] Eu passei a maior parte de O Hobbit me sentindo como se não estivesse no controle […] mesmo do ponto de vista do script de Fran [Walsh] e Phillipa [Boyens] e eu não tinha todos os scripts escritos para nossa satisfação e então era uma situação de pressão muito alta.

https://youtu.be/SQkygZdZ_Vk

Continua o diretor explicando a fase em que estava mais “por fora”, logo antes da batalha final:

Nós tínhamos dois meses de gravações para ela em 2012, e em algum ponto quando nos aproximamos que eu fui aos nossos produtores e disse: “Como eu não sei que diabos estou fazendo agora, porque não tenho os storyboards e a preparação, por que nós simplesmente não terminamos antes?”

E então é que esse atraso dá tempo ao diretor para limpar a mente e ter um tempo quieto para inspiração para fazer a batalha, e começar a realmente construir algo.

Muitos fãs agora podem entender a razão pela qual o filme foi lançado do jeito que foi…

14 comentários em “Peter Jackson: "Eu não sabia que diabos estava fazendo" quando fiz O Hobbit

  • 20/11/2015 em 11:16 AM
    Permalink

    Eu gostei muito da trilogia. Acho que tem sim coisas desnecessárias adicionadas, como a Tauriel (achei a atuação da atriz ótima e tudo mais) e três filmes com cada um contendo três horas para um livro de 300 páginas….

    Resposta
  • 21/11/2015 em 12:16 PM
    Permalink

    A trilogia é legal, mas não dá para tirar os pontos negativos, como a participação de Legolas, que se tornou desnecessária e a criação de Tauriel. A atriz é até boa, mas na história, se tornou bastante desnecessária também!!!

    Resposta
    • 10/01/2017 em 1:45 AM
      Permalink

      Sem ela aquele filme ficaria um porre.

      Resposta
  • 23/11/2015 em 10:07 PM
    Permalink

    Não entendo. Por que ele não pega as cenas já filmadas, mais o punhado que foi cortado, e faz um trabalho de edição só dele e lança um “versão do diretor”?

    Resposta
  • 27/11/2015 em 11:49 AM
    Permalink

    Apesar de tudo, eu gostei. Mesmo com as invenções em relação aos livros e com a enrolação. Quando se lê o hobbit já adulto, não da pra evitar questionamentos como “por que diabos Gandalf ta mandando esse hobbit pra arriscar morrer só pra satisfazer uns anões? O que o mundo ganha com isso?” ou “esses porra desses anões não vão lutar? Bilbo faz tudo?”, etc. Mesmo a morte do Smaug e até a morte do Thorin foram muito pouco dramáticas.
    O filme colocou algumas coisinhas só pra ganhar audiência, como o Legolas e o romance da Tauriel. Mas também colocou coisas pra tentar dar uma profundidade na história, e acho que em grande parte foi bem sucedido.
    Só reclamo, mesmo, é da enrolação. Mesmo com tudo que foi adicionado, dava pra fazer em no máximo dois filmes. “O Hobbit” é um livro muito pequeno para três filmes.

    Resposta
  • 28/11/2015 em 5:20 PM
    Permalink

    E ainda que fez três filmes somando quase 9 horas, ainda vai publicar as versões estendidas!

    Resposta
  • 03/12/2015 em 10:57 AM
    Permalink

    A única coisa que salva é que é uma adaptação de Tolkien, e sempre é bom uma adaptação de Tolkien, o resto é ruim, o romance é um dramalhão de novela mexicana, o anão é um humano com nanismo, Gandalf está diminuído, o Bilbo (talvez única atuação comparável a trilogia do Senhor dos anéis) não foi o centro da história…

    Resposta
  • 30/01/2016 em 1:06 PM
    Permalink

    O segundo filme é o melhor da trilogia , já o terceiro é um lixo cinematográfico .

    Resposta
  • 10/01/2017 em 1:45 AM
    Permalink

    Talvez por isso o filme seja melhor que o Senhor dos Anéis que é entediante, chato e sem vida. Tanto isso é verdade que o melhor do filme é o personagem de CGI “SMIGHOL”.

    Resposta
    • 21/08/2017 em 1:06 PM
      Permalink

      Eru, perdoai-o. Ele não sabe o que diz.

      Resposta
    • 20/09/2017 em 5:49 PM
      Permalink

      Pode crer, só acho que faltou umas explosões, uns carrões envenenados e umas gostosas de biquínis, mas com certeza melhor que aquela coisa chata do Senhor dos Anéis.

      Resposta
  • 20/03/2018 em 5:04 PM
    Permalink

    Assisto mil vezes os tres filmes do hobbit,e maravilhoso na minha opiniao nao ha melhor fico triste em ter terminado

    Resposta

Deixe uma resposta para Ruan V. Nascimento Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *